Boa partida

As pessoas que estão morrendo se mostram, em média, bem mais positivas sobre o que está ocorrendo com elas do que pensam as demais, concluíram cientistas americanos em estudo publicado em junho na revista Psychological Science. A pesquisa comparou textos de indivíduos moribundos com descrições de pessoas que deveriam imaginar sua própria morte. Estas últimas descreveram o falecimento como algo negativo e preocupante, diferentemente daqueles que estavam de fato morrendo. “Pensamos que morrer é algo solitário e sem sentido, mas os textos finais de pacientes terminais e as últimas palavras de presidiários no corredor da morte são repletos de amor, conexão e significado”, afirma Kurt Gray, cientista da Universidade da Carolina do Norte e coautor do estudo.

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus