Campeã da energia solar

Longyangxia vista do alto em fevereiro: 4 milhões de painéis solares (Foto: Divulgação)

Os investimentos maciços da China em energia renovável, motivados em boa parte pela necessidade de reduzir a enorme poluição atmosférica do país, têm um novo destaque: em fevereiro, o Parque Solar de Longyangxia, iniciado em 2013, tornou-se a maior usina do setor no mundo, com capacidade para produzir 850 megawatts. A usina, situada no noroeste do país, possui cerca de 4 milhões de painéis solares instalados em 27 km2. Longyangxia é um reforço poderoso no parque solar chinês, cuja capacidade instalada no setor em 2016 já atingia 77 gigawatts, bem à frente de outros produtores de destaque, como Estados Unidos, Alemanha e Japão. Mas sua liderança não deverá durar muito: um projeto na região de Ningxia, também no noroeste da China, deverá atingir 2.000 MW de capacidade.

1_PL529_Volta9

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus