Craque da caridade

"Meu pai sempre me ensinou que quando você ajuda outras pessoas, Deus lhe dá em dobro. Foi isso o que aconteceu comigo. Quando ajudei outras pessoas necessitadas, Deus me ajudou mais"

Muitos podem não gostar do jeito a princípio arrogante, mas no campo da beneficência o português Cristiano Ronaldo é uma joia de altíssimo quilate. O astro do Real Madrid e da seleção de Portugal é reconhecido como um dos esportistas que mais doam dinheiro para caridade, acima de nomes como as tenistas Serena Williams e Maria Sharapova, o jogador de basquete LeBron James e o também futebolista Neymar. Ronaldo é eclético ao escolher suas causas. Para amenizar os estragos causados pelo terremoto de 2015 no Nepal, por exemplo, ele enviou £ 5 milhões (cerca de US$ 6,24 milhões).

Em 2014, recebeu um pedido para doar um par de chuteiras e uma camiseta a fim de arrecadar US$ 83 mil, necessários para a cirurgia no cérebro de um fã de 10 anos; ele não apenas doou as peças como custeou a operação do garoto. O centro de tratamento de câncer que cuidou da mãe do jogador também foi aquinhoado: recebeu mais de US$ 165 mil. Ronaldo usa ainda sua imagem para atrair o interesse do público em relação a causas como fome infantil, obesidade e biodiversidade. Só mesmo os torcedores mais ardorosos anti-Ronaldo poderiam negar valor a uma pessoa como ele.

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus