Edição 522

    NESTA EDIÇÃO

    Mulheres negras são as maiores vitimas de agressões e homicídios no Brasil, e ainda não existem políticas públicas específicas para atendê-las

    Para a delegada que investiga o estupro coletivo do Rio, a vulnerabilidade e a ausência de balizas morais é tamanha que as vítimas muitas vezes não enxergam a violência

    “Vamos pegar nossos livros e canetas. Eles são nossas armas mais poderosas. Uma criança, um professor, um livro e uma caneta podem mudar o mundo”

    Segundo a biopsicoenergética (o estudo das energias biopsicológicas), criada pelo cientista argentino Livio Vinardi, o aborto causa sérios problemas. Veja por que no trecho a seguir, publicado no capítulo 5 dos “Cadernos de Biopsicoenergética”, em PLANETA 88

    Não havia nenhuma atleta na Olimpíada de Atenas, em 1896; já na última edição, em Londres, as mulheres representavam mais de 44% dos competidores

    Um relatório pioneiro preparado pela Unesco mostra como os jovens LGBT são afetados pelo bullying na escola em várias partes do mundo e como a área educacional está lidando com esse problema

    Mulheres se mobilizam para que a sociedade comece a construir uma cultura na qual visitar outros lugares sozinha ou com uma acompanhante não envolva um risco à integridade feminina

    Dez anos depois de sua estreia fonográfica, o músico Criolo lança nova versão de seu primeiro álbum, regrava algumas músicas cujas letras continham termos pejorativos, como “traveco”, e não tem vergonha de dizer que errou, evoluiu e voltou atrás

    A exemplo da protagonista da série Vikings, do canal History, ganha força a hipótese de mulheres terem lutado em batalhas dos povos nórdicos

    Herdeiras das tradições matriarcais dos tempos em que a principal divindade era a Grande Mãe Terra, as bruxas medievais reaparecem hoje na pele de mulheres comuns

    O fotógrafo Arthur Roessle resgata mulheres que enfrentaram normas vigentes, superaram barreiras e deixaram sua marca em diferentes momentos da história

    No livro Mulheres, o escritor uruguaio Eduardo Galeano recuperou a biografia de várias personagens históricas cuja importância a perspectiva masculina reduziu, deturpou ou simplesmente ignorou

    Um estupro em meio a mais de 500 mil desses crimes, acontecidos anualmente no Brasil, escancara uma desigualdade histórica entre o feminino e o masculino. Quais são as origens dessa diferenciação e por que até hoje a mulher precisa conviver com tanta violência?

    Maior democracia do mundo e uma das mais destacadas potências emergentes, a Índia é também um dos países mais violentos no que se refere a crimes contra a mulher

    É uma força vital múltipla. Energia, inteligência, coragem, medo, sensibilidade e vontade de seguir em frente estão presentes nas palavras de 30 profissionais de redação que definem o sexo feminino

    COMPARTILHAR
    blog comments powered by Disqus