O geólogo Aryeh Shimron diz ter provas contundentes de que urnas fúnebres encontradas em Jerusalém pertencem à família de Jesus.

Não existe uma crença islâmica única. Contam-se mais de 70 correntes dessa religião, originárias de três troncos principais: sunismo, xiismo e sufismo. Conheça a galáxia muçulmana.

Mais de 45% das 2.060 pessoas que sobreviveram a uma parada cardíaca tiveram visões ou memórias enquanto estavam desacordadas.

Há poucos meses, um menino de 7 anos foi sagrado como a 20ª reencarnação do Lama Denma Gonsar Rimpoche, morto em 2005.

Um estudo americano mostra que as pessoas que cultivam emoções positivas melhoram de saúde. Basta se sentir mais próximo e sintonizado com os que estão ao redor.

No eixo Aparecida-Guaratinguetá (SP), o culto a Frei Galvão, o primeiro santo católico brasileiro, virou uma devoção que não cessa de ganhar adeptos.

Todo mundo mente de vez em quando. Diariamente convivemos com sentimentos nobres e condenáveis. Dependendo do contexto, qualquer pessoa pode ser desonesta, dizem psicólogos e pesquisas.

A vinda do papa Francisco para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, recoloca a ordem dos jesuítas e seus feitos em posição de destaque no mundo religioso.

Namastê! Entre no formigueiro da maior festa religiosa do mundo, junto com 100 milhões de pessoas.

Em março, 115 cardeais escolherão um novo papa católico, para substituir Bento XVI.

Em situações difíceis, o conceito de resiliência ganha popularidade ajudando a capacitar pessoas e organizações a superar dificuldades e se fortalecer.

A ciência não conhece a caixa-preta da felicidade, mas não desiste de buscar a luz.

40 anos de fé

Estudioso das condições de vida dos pobres e Prêmio Nobel de Economia em 1998, o indiano Amartya Sen devolveu à disciplina uma dimensão ética pouco visível hoje em dia.

Morre-se de medo de falar da morte - um paradoxo.

O grupo dos que creem que Deus não existe cresce continuamente.

Arthur Bispo do Rosário, um gênio esquizofrênico brasileiro, passou 50 anos num sanatório do Rio de Janeiro criando arte para salvar o mundo.

Criada há 40 anos pelo músico austríaco Reinhard Flatischler, a taketina utiliza a execução simultânea de vários ritmos para produzir mudanças em funções essenciais do corpo humano.

Mais de 20 Parques de Estudo e Reflexão espalhados pelo mundo tentam promover a coexistência pacífica e a reflexão sobre a condição humana.

Até há pouco tempo, gestos como um afago ou um tapinha nas costas eram ignorados pela ciência.