A magia dos lugares favoritos

Estudo revela que lugares que evocam memórias positivas causam sentimentos mais intensos de bem-estar, satisfação e integração do que objetos de estimação.

Os locais inesquecíveis trazem mais benefícios mentais do que objetos de estimação (Foto: iStockphotos)

Um estudo usando imagens do cérebro encomendado pelo National Trust (uma das maiores organizações de preservação da natureza do Reino Unido) e divulgado em outubro revelou que lugares que evocam memórias positivas causam sentimentos mais intensos de bem-estar, satisfação e integração do que objetos de estimação, como fotos ou alianças de casamento. Cientistas da Universidade de Surrey (Inglaterra) e especialistas em pesquisa realizaram entrevistas detalhadas, exames de ressonância magnética funcional (fMRI, na sigla em inglês) e uma pesquisa online envolvendo 2 mil pessoas a respeito de seus lugares especiais. O estudo mostrou que lugares particularmente significativos estimulam uma sensação de calma, espaço para pensar e um sentimento de completude. Notou-se uma atividade especial em uma área do cérebro associada a respostas emocionais, a amígdala. Confira a seguir alguns dos números revelados no trabalho.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago