A magia dos lugares favoritos

Estudo revela que lugares que evocam memórias positivas causam sentimentos mais intensos de bem-estar, satisfação e integração do que objetos de estimação.

Os locais inesquecíveis trazem mais benefícios mentais do que objetos de estimação (Foto: iStockphotos)

Um estudo usando imagens do cérebro encomendado pelo National Trust (uma das maiores organizações de preservação da natureza do Reino Unido) e divulgado em outubro revelou que lugares que evocam memórias positivas causam sentimentos mais intensos de bem-estar, satisfação e integração do que objetos de estimação, como fotos ou alianças de casamento. Cientistas da Universidade de Surrey (Inglaterra) e especialistas em pesquisa realizaram entrevistas detalhadas, exames de ressonância magnética funcional (fMRI, na sigla em inglês) e uma pesquisa online envolvendo 2 mil pessoas a respeito de seus lugares especiais. O estudo mostrou que lugares particularmente significativos estimulam uma sensação de calma, espaço para pensar e um sentimento de completude. Notou-se uma atividade especial em uma área do cérebro associada a respostas emocionais, a amígdala. Confira a seguir alguns dos números revelados no trabalho.

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua