Accor avança em iniciativas de sustentabilidade e diversidade

Grupo hoteleiro dono de marcas como Ibis, Mercure, Novotel e Pullman vai banir 100% dos itens plásticos na experiência dos hóspedes até 2022 e aumenta percentual de mulheres em cargos de gerência

Itens de plástico deverão desaparecer da experiência do hóspede de hotéis Accor até 2020. Crédito: Divulgação

A rede hoteleira Accor, destaque internacional em seu setor no quesito meio ambiente e sustentabilidade, continua a avançar nessa área. Na questão do uso dos plásticos, por exemplo, depois de banir o uso desse material em canudos (2018) e mexedores/agitadores e cotonetes (2019), ela anunciou este ano o compromisso de eliminar 100% dos itens plásticos plásticos da experiência do hóspede até 2022. A decisão é consequência da adesão da empresa à iniciativa Global Tourism Plastics Initiative, das Nações Unidas. Em 2020, os principais itens a serem substituídos por uma opção mais sustentável são os copos plásticos e os amenities (como xampus ou géis para banho), que deixam de ser disponibilizados individualmente.

O grupo também está atento para a emissão de carbono. Em 2015, durante a COP 21 em Paris, a Accor assumiu um compromisso para reduzir a temperatura global em 2 °C, juntamente com outras grandes indústrias mundiais. Em 2020, a Accor anunciou a criação do Comitê Global para reforçar a implementação dessa estratégia. Na América do Sul, por meio da iniciativa “Hotéis Zero Carbono”, os hotéis Novotel Santiago Providencia, Novotel Las Condes, Pullman Vitacura e Pullman El Bosque foram certificados com o Selo “Carbono Neutral”. A redução da pegada de carbono dos quatro hotéis equivale a plantar mais de 19 mil árvores ou retirar 2.400 veículos das ruas.

LEIA TAMBÉM: Êxito no reflorestamento

A diversidade é outro ativo trabalhado pela Accor. Na América Latina, a empresa tem 52% de mulheres em cargos gerenciais, um número que vem crescendo a cada ano. A Accor também tornou público seu compromisso com a causa LGBTI+, promovendo o respeito pelo tratamento individual e igualitário com todos os públicos com os quais se relaciona.

A rede celebrou um contrato com a ONU para contratar, até 2021, cerca de 150 refugiados venezuelanos, que vão atuar em hotéis operados pela Accor no Brasil, na Argentina, no Chile e na Colômbia.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança