Accor renova compromisso com preservação de florestas sul-americanas

Empresa celebra 10 anos do Plant for the Planet, programa de reflorestamento que já plantou mais de 700 mil árvores no Brasil e no Peru, e anuncia nova zona de plantio na Colômbia

Região na Serra da Canastra (MG) antes e depois do reflorestamento. Crédito: Nordesta

A multinacional francesa de hotelaria Accor celebra neste mês de junho 10 anos do programa de reflorestamento global Plant for the Planet (PFP) na América do Sul com a marca de mais de 630 mil árvores plantadas na Serra da Canastra (Brasil) e na Amazônia peruana. A área plantada equivale a 500 campos de futebol. Tudo isso foi feito com a participação direta dos hóspedes, que reutilizam suas toalhas de banho – a economia gerada com a lavagem é destinada para o plantio.

“Para reforçar seu objetivo com a preservação ambiental, a Accor anunciou no Dia Internacional do Meio Ambiente a expansão do programa Plant for the Planet para as florestas colombianas em Cauca e Tolima. É um programa de grande orgulho e relevância na empresa, e a prova é que estamos celebrando 10 anos no Brasil!”, declara Antonietta Varlese, vice-presidente sênior de Comunicação, Relações Institucionais e Responsabilidade Social Accor América do Sul. “O Plant for the Planet é um programa global de conservação de florestas dentro do conceito de agroflorestas. Ou seja: promovemos a preservação ambiental por meio de desenvolvimento econômico e social. Assim, a comunidade local gera renda com as suas atividades de agricultura que dão suporte à preservação da floresta ao seu redor. Todos saem ganhando”, completa.

A Accor realiza há 10 anos o PFP no Brasil na Serra da Canastra (MG), em parceria com a ONG Nordesta. Só em território nacional, o projeto já plantou mais de 600 mil árvores de 100 espécies nativas – equivalente a 450 campos de futebol –, beneficiando 891 mil pessoas em 41 cidades, reflorestando mais 326 hectares na bacia do rio São Francisco.

LEIA TAMBÉM: Google faz maior investimento empresarial da história em energia renovável

Conscientização

“Trata-se de um projeto pioneiro na região e a parceria com a Accor contribuiu para chegar ao resultado que temos hoje. Esperamos atingir números maiores, promovendo a recuperação do meio ambiente e conscientizando cada vez mais pessoas para a causa”, destaca Neuza Galvão, presidente da Nordesta.

No Peru, a ação ocorre desde 2013 no Alto de Hayabamba, na Amazônia peruana. Ela é feita em parceria com a Acopagro, cooperativa membro da Fundação Amazônia Viva. Na região, os resultados acumulam a marca de mais de 30 mil árvores plantadas (equivalente a aproximadamente 50 campos de futebol), beneficiando mais 25 mil pessoas.

“As áreas escolhidas para plantios no Brasil e Peru são estratégicas porque possuem nascentes dos dois rios mais importantes na América do Sul. O plantio de árvores estimula a maior produção de água no rio Amazonas e no rio São Francisco”, analisa Varlese.

O Plant for the Planet faz parte da estratégia global de desenvolvimento sustentável da Accor, que envolve stakeholders por meio de mudanças de comportamento e consumo consciente. A cada ano, uma grande iniciativa é apoiada para desenvolver modelos alternativos e responsáveis de conscientização sustentável.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança