Alumínio reciclado amplia espaço em cápsulas de café

Nespresso está fabricando cápsulas com 80% de alumínio reciclado; no Brasil, processo será iniciado em julho

Cápsulas Nespresso de alumínio 80% reciclado: no Brasil, o processo começa em julho. Crédito: Divulgação

A Nespresso anunciou que 80% da embalagem da sua cápsula de café será feita de alumínio reciclado. O processo, que ocorrerá de forma gradativa em toda a linha de cafés da marca, começa na Europa, e a partir de julho no Brasil, com a transformação da cápsula de Master Origin Colombia, um dos cafés do portfólio fixo da companhia. O processo chegará a toda a linha original até o fim de 2021.

A Nespresso Brasil também apresentou dados de sua parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica no plantio de árvores nativas na Serra da Mantiqueira, uma das principais áreas de produção de café para a empresa, cuja sede fica na Suíça. Em março acabou a primeira fase do projeto: 25 mil árvores plantadas pela Nespresso, com investimento de US$ 100 mil, e outras 25 mil pela SOS Mata Atlântica. Entre as dezenas de espécies plantadas estão ipê, jequitibá, palmito-juçara, quaresmeira e jatobá.

Município escolhido para o início do plantio, São Sebastião da Grama (MG) tem apenas 8% de remanescentes da Mata Atlântica. “Ao contrário de outros projetos, não vamos apenas plantar as mudas”, afirma Claudia Leite, responsável pelas áreas de Criação de Valor Compartilhado e de Comunicação corporativa da Nespresso Brasil. “Pela nossa parceria, existe um compromisso de que todo plantio feito na região seja acompanhado por cinco anos.”

LEIA TAMBÉM: Cápsulas de café se tornam adubo

Pertencimento ao local

Aretha Medina, coordenadora de Restauração Florestal da SOS Mata Atlântica, observa que o início do projeto, com as 50 mil mudas, englobou 25 hectares em cinco propriedades. Outras 50 mil mudas serão plantadas no segundo semestre deste ano. “Quando atingirmos o objetivo final de restaurar todos os 277 hectares previstos, os remanescentes de Mata Atlântica no município vão subir de 8% para 12%; isso é importante.” Segundo ela, os ganhos para a região vão além das novas conectividades ecológicas e da melhora dos recursos hídricos. “O projeto também busca envolver os produtores e passar para eles a questão de pertencimento ao local – o que faz aumentar as práticas sustentáveis de todo mundo.”

Cápsulas Nespresso de alumínio 80% reciclado: no Brasil, o processo começa em julho. Crédito: Divulgação

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança