“Amantes de Módena”, sepultados na Antiguidade na Itália, eram homens

Enterro dado a duas pessoas sepultadas de mãos dadas era típico de casais heterossexuais

Os "amantes de Módena": as mãos dadas eram interpretadas como sendo de homem e de mulher. Foto: Universidade de Bolonha

Cientistas da Universidade de Bolonha (Itália) definiram o sexo dos restos mortais de dois indivíduos deitados na tumba de mãos dadas em Módena: eram homens. A identificação deflagrou um novo mistério no caso dos “amantes de Módena”, como essas ossadas eram conhecidas desde sua descoberta, em 2009. O estudo foi publicado na revista “Scientific Reports”.

Os restos mortais encontrados na necrópole de Modenese datam do fim da Antiguidade (entre os séculos 4 e 6). Os ossos estão em mau estado, e o apelido dado à dupla veio do enterro que lhes foi dedicado na época, típico de casais heterossexuais.

LEIA TAMBÉM: Arqueólogos descobrem restos de 250 crianças e 40 guerreiros sacrificados no Peru

Para chegar à sua conclusão, os estudiosos usaram uma técnica que permite determinar o sexo de um indivíduo a partir da presença de proteínas específicas contidas no esmalte dos dentes.

Ligação misteriosa

“No momento, nenhum outro enterro desse tipo é conhecido”, afirmou Federico Lugli, pesquisador da Universidade de Bolonha e principal autor do estudo. “No passado, várias sepulturas foram encontradas com pares de indivíduos de mãos dadas, mas em todos os casos eram um homem e uma mulher. Qual era a ligação entre os dois indivíduos do enterro de Módena permanece por enquanto um mistério.”

A confirmação de que os “amantes de Módena” eram homens abre uma nova questão: qual é o significado desse enterro em especial? “Acreditamos que essa escolha simboliza uma relação específica existente entre os dois indivíduos, mas não sabemos qual tipo”, disse Lugli.

Entre as várias hipóteses debatidas, a dos amantes parece ser a menos provável, segundo Lugli. “Na Antiguidade tardia, é improvável que o amor homossexual pudesse ser reconhecido tão claramente pelas pessoas que prepararam o enterro”, disse ele. “Como os dois indivíduos têm idades semelhantes, poderiam ser parentes, como irmãos ou primos. Ou poderiam ser soldados mortos juntos em batalha.”