Artista coloriza retratos de africanos no Brasil no século 19

A colorista digital Marina Amaral faz pesquisas históricas profundas para trazer cor e vida a fotografias antigas

Artista coloriza retratos de africanos no Brasil do final do século 19 / Fotos: Alberto Henschel/ Marina Amaral

A colorista digital Mariana Amaral se especializou em uma área especial da fotografia: trazer cor e vida a momentos importantes da história.

A artista faz pesquisas históricas profundas pra determinar qual era a cor real dos objetos retratados em fotografias em preto e branco ou sépia, para então adicionar essas cores digitalmente às imagens.

Marina já colaborou com trabalhos de diversos museus e instituições, como os canais de TV History Channel e PBS e o Museu Estadual Auschwitz-Birkenau, na Alemanha.

Uma de suas séries mais recentes é a colorização de retratos de africanos no Brasil feitos pelo fotógrafo germano-brasileiro Alberto Henschel em 1869, tanto de escravos quanto de negros libertos. O fotógrafo procurava retratar os escravos com dignidade, como pessoas, e não objetos.

Veja alguns exemplos do trabalho de Marina:

Artista coloriza retratos de africanos no Brasil do final do século 19 / Fotos: Alberto Henschel/ Marina Amaral
Artista coloriza retratos de africanos no Brasil do final do século 19 / Fotos: Alberto Henschel/ Marina Amaral
Artista coloriza retratos de africanos no Brasil do final do século 19 / Fotos: Alberto Henschel/ Marina Amaral
Artista coloriza retratos de africanos no Brasil do final do século 19 / Fotos: Alberto Henschel/ Marina Amaral
Artista coloriza retratos de africanos no Brasil do final do século 19 / Fotos: Alberto Henschel/ Marina Amaral