As moscas realmente vomitam na sua comida quando pousam nela?

Na verdade, elas estão apenas espalhando a própria comida delas – ou cuspindo na sua

Mosca regurgita sucos digestivos. Crédito: Carlos Ruiz, CC BY-ND

Imagine que você está em um piquenique e prestes a morder seu sanduíche. De repente, você avista uma mosca vindo em sua direção, aproximando-se de sua comida com a ajuda de seus olhos e antenas compostos. Ela consegue escapar do seu golpe, cai no sanduíche e parece vomitar nele!

Pode parecer meio nojento, mas a mosca pode estar apenas espalhando sua própria comida digerida ou cuspindo na sua.

A maioria das mais de 110 mil espécies de moscas conhecidas não tem dentes, portanto não podem mastigar alimentos sólidos. O aparelho bucal é como um canudo esponjoso. Assim que pousam em sua comida, eles precisam liberar sucos digestivos para liquidificá-la em uma sopa pré-digerida que elas possam engolir. Resumindo, algumas moscas seguem uma dieta líquida.

Uma mosca sorvendo sua refeição líquida

Receptores nos pés

Para colocar mais comida no estômago, algumas moscas tentam reduzir o líquido do que já comeram. Elas regurgitam a comida em bolhas de vômito para secá-la um pouco. Depois que um pouco de água evapora, elas podem ingerir esse alimento mais concentrado.

Os seres humanos não precisam cuspir e regurgitar para extrair nutrientes de nossa comida. Mas você produz um suco digestivo na saliva, uma enzima chamada amilase, que pré-digere parte do pão do sanduíche enquanto você mastiga. A amilase decompõe o amido, que você não pode saborear, em açúcares simples como a glicose, que você pode saborear. É por isso que o pão fica mais doce quanto mais você mastiga.

Você sabia que as moscas podem sentir o gosto da comida sem a boca? Assim que pousam, elas usam receptores nos pés para decidir se estão se alimentando de algo nutritivo. Você deve ter notado uma mosca esfregando as pernas, como um cliente faminto se preparando para devorar uma refeição. Isso é chamado de aliciamento – a mosca está essencialmente se limpando e também pode limpar os sensores de sabor nas cerdas e cabelos finos de seus pés, para ter uma ideia melhor do que há na comida em que pousou.

Cerdas e pelos de mosca taquinídea. Crédito: Maria Cleopatra Pimienta, CC BY-ND
Você deve jogar fora a comida em que uma mosca pousou?

Quando uma mosca pousa em seu sanduíche, provavelmente não foi a única coisa que pousou naquele dia. As moscas costumam ficar em cima de coisas nojentas, como uma lixeira ou comida em decomposição, cheia de micróbios. Os germes podem pegar uma carona e, se a mosca ficar ali por tempo suficiente, pulam para a sua refeição. Isso é muito mais perigoso do que sua saliva, porque alguns dos micróbios podem causar doenças, como cólera e febre tifoide. Mas se a mosca não ficar mais do que alguns segundos, as chances de transferência de micróbios são baixas e sua comida provavelmente está boa.

Para evitar que os insetos pousem em sua comida, você deve sempre cobri-la. Se sua casa estiver infestada de moscas, você pode usar armadilhas simples para se livrar delas. As plantas carnívoras também podem comer as moscas e ajudar a controlar sua população.

As moscas servem para alguma coisa?

Cuspir na comida e espalhar doenças parece nojento, mas as moscas não são tão ruins.

Observe atentamente da próxima vez que sair de casa e ficará surpreso com a quantidade de moscas que visitam as flores para obter néctar. Elas são um grupo importante de polinizadores e muitas plantas precisam de moscas para ajudá-las a se reproduzir.

As moscas também são uma boa fonte de alimento para sapos, lagartos, aranhas e pássaros, portanto, são uma parte valiosa do ecossistema.

Algumas moscas também têm usos médicos. Por exemplo, os médicos usam larvas de moscas – a forma jovem e imatura das moscas – para remover tecido em decomposição em feridas. Os vermes liberam sucos antivirais e antimicrobianos, que ajudaram os cientistas a criar novos tratamentos para infecções.

Mais importante, as moscas-da-fruta que você pode ter visto voando ao redor de bananas maduras em sua cozinha foram inestimáveis ​​na pesquisa biológica. Cientistas biomédicos de todo o mundo estudam as moscas-da-fruta para encontrar causas e curas para doenças e distúrbios genéticos. E em nosso laboratório, estudamos a aparência do mundo para os insetos e como eles usam sua visão para voar. Esse conhecimento pode inspirar engenheiros a construir robôs melhores.

Portanto, embora seja um incômodo espantar moscas para longe do seu sanduíche, talvez você possa separar alguns pedaços do seu almoço para elas?

* Ravindra Palavalli-Nettimi é pesquisador associado de pós-doutorado na Universidade Internacional da Flórida (EUA); Jamie Theobald é professor associado de Ciências Biológicas na Universidade Internacional da Flórida.

** Este artigo foi republicado do site The Conversation sob uma licença Creative Commons. Leia o artigo original aqui.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago