Astronauta da Apollo 11 morre aos 90 anos após batalha contra câncer

Michael Collins

Michael Collins, o astronauta da NASA que foi piloto do módulo de comando da missão Apollo 11 à Lua, morreu aos 90 anos após lutar contra o câncer.

Sua família compartilhou a notícia sobre o falecimento na página de Collins do Facebook“Lamentamos compartilhar que nosso amado pai e avô faleceram hoje, após uma batalha valente contra o câncer”, diz o comunicado.
“Ele passou seus últimos dias em paz, com sua família ao seu lado. Mike sempre enfrentou os desafios da vida com graça e humildade, e enfrentou este, seu último desafio, da mesma forma. Sentiremos muita falta dele. Mas também sabemos quanta Mike foi sortudo por ter vivido a vida que ele viveu. Honraremos seu desejo de comemorar, e não lamentar, essa vida. Junte-se a nós para relembrar com ternura e alegria sua sagacidade perspicaz, seu sereno senso de propósito e sua perspectiva sábia, tanto ao olhar para a Terra do espaço quanto ao contemplar as águas calmas do convés de seu barco de pesca. Nossa família pede privacidade durante esse período difícil. Detalhes sobre os serviços serão disponibilizados em breve. “

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança