Atlanta cria sua primeira floresta pública de alimentos

De acordo com uma nova lei aprovada na semana passada, a Floresta Urbana de Alimentos se expande por 7 acres (cerca de 28 mil m2)

O parque de alimentos de Atlanta já inspirou 70 outras iniciativas do tipo nos Estados Unidos (Crédito: Divulgação)

Rumo à meta de garantir que 85% de sua população esteja a meio quilômetro de alimentos frescos até 2021, Atlanta acaba de oficializar sua primeira floresta urbana de alimentos – e a maior dos Estados Unidos. São 7 acres (cerca de 28 mil m2) de terras florestais próximas ao bairro de Lakewood Heights.

O terreno, que estava abandonado, foi comprado em 2016 pelo Fundo de Conservação, uma organização sem fins lucrativos dedicado a comprar e preservar terras naturais nos EUA. Desde então, a iniciativa já inspirou cerca de outras 70 florestas públicas destinadas à alimentação nos EUA em 2018.

De acordo com uma nova lei aprovada na semana passada, o parque de alimentos “transforma essas propriedades anteriormente vagas em um parque público com árvores de frutos comestíveis, arbustos, vinhas e cobertura do solo” com “espaços comuns de reunião, trilhas para caminhadas, canteiros comunitários e uma floresta restaurada e áreas ao lado da correnteza”.

O Serviço Florestal dos Estados Unidos contribuiu com US$ 164.500 em subsídios para o estabelecimento da Floresta Urbana de Alimentos. Uma vez concluída, a cidade planeja criar um fundo fiduciário para garantir uma fonte estável de financiamento para a manutenção do parque. E o Fundo de Conservação, segundo a portaria municipal, se compromete a continuar trabalhando com o departamento de parques e recreação para manter o espaço público.

blog comments powered by Disqus