• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Featured08/11/2021

Australianos fazem competição de arrancada de carros elétricos voadores

Veículo usado na competição na Austrália: próximo objetivo é organizar corridas com veículos elétricos voadores tripulados. Crédito: cortesia Airspeeder e Alauda Aeronautics

08/11/21 - 10h58min - Atualizado em 08/11/21 - 10h58min

Os carros elétricos voadores ainda nem estão consolidados como forma de transporte no mundo, mas já servem para se organizarem competições relacionadas às suas características. O portal IFLScience noticiou recentemente uma exibição experimental realizada numa área desértica da região de Adelaide (sul da Austrália) em que dois pilotos de veículos elétricos de decolagem e aterrissagem vertical (conhecidos pela sigla eVTOL) se enfrentaram em uma corrida de arrancada de 400 metros, voando a velocidades de até 100 quilômetros por hora apenas 10 metros acima do solo.

Desenvolvidos pela Alauda Aeronautics, os dois eVTOLs usados são veículos de quatro rotores sem tripulação movidos a eletricidade. Por enquanto, esses veículos são operados remotamente, utilizando um sistema de tecnologia LiDAR e RADAR como auxílio para uma navegação segura. Mas a Airspeeder, organizadora do evento, já pensa em preparar as primeiras corridas de carros voadores elétricos tripulados por humanos, sonhando com a “alvorada da era das corridas de carros voadores elétricos”.

Competições de carros elétricos têm uma vantagem inicial: não precisam de autódromos no solo e da cara infraestrutura que eles exigem. Além disso, os veículos funcionam com energia limpa e verde.

Fazer história

A Airspeeder já pretende lançar em 2022 a série Airspeeder Racing com tripulação humana. Os locais das provas deverão ser revelados em breve. Os organizadores também querem elevar as velocidades máximas de corrida dos eVTOLs para 300 quilômetros por hora.

Em comunicado enviado por e-mail, Matt Pearson, fundador e CEO da Airspeeder & Alauda Aeronautics, comentou a primeira competição e os planos para o futuro: “Estamos prestes a fazer história no automobilismo e na mobilidade com as primeiras corridas de carros voadores elétricos do mundo. Esta competição de teste oferece ao mundo um vislumbre da próxima geração de automobilismo e mobilidade. Este primeiro teste de corrida de arrancada é um momento importante na criação do nosso esporte e um salto gigante para o desenvolvimento de carros elétricos voadores”.

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

Adelaide