• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Curiosidades29/12/2021

Avó viaja mais de 3.500 km pela Inglaterra usando um passe de ônibus

Penny Ibbott, à esquerda, percorreu cerca de 3.500 quilômetros na Inglaterra gratuitamente, graças ao seu passe de ônibus de aposentada. Crédito: Twitter/@StagecoachSouth

29/12/21 - 13h18min - Atualizado em 30/12/21 - 15h41min

A britânica Penny Ibbott, de 75 anos e com quatro netos, concluiu uma curiosa expedição: ela viajou por toda a Inglaterra e pela fronteira com a Escócia de graça, usando um passe de ônibus. Iniciada na parte central da costa sul inglesa, sua jornada totalizou 3.540 quilômetros e foi concluída em quase seis semanas, segundo o jornal inglês The Mirror. A viagem foi feita para angariar doações para o hospital St Wilfrid’s, que cuidou de seu marido, Geoff, antes de ele morrer. Geoff faleceu de câncer em 2016, aos 81 anos.

Usando seu passe de aposentadoria gratuito, Ibbott começou pegando um ônibus da linha 700 rumo à costa leste. Ela passava pelo menos oito horas viajando em ônibus diferentes para chegar a sua próxima pousada.

Sua rota a levou a Berwick-upon-Tweed, a cidade mais ao norte da Inglaterra. Dali ela seguiu na direção oeste ao longo da fronteira com a Escócia (algumas vezes passando para o lado escocês e pagando passagem, porque seu bilhete só tem validade na Inglaterra), descendo depois até Land’s End, no extremo sudoeste da Cornualha, antes de voltar para casa.

A penúltima etapa, já no sul, foi de Portsmouth a Chidham via Havant. Nesse destino, sua família e amigos a esperavam em um ônibus vintage aberto para percorrer os 19 quilômetros finais até sua casa.

Interrupção pelo lockdown

A aventura de Ibbott havia começado na verdade em março de 2020. Mas a viajante teve de voltar para casa dez dias depois, quando o Reino Unido entrou em seu primeiro lockdown. Na segunda tentativa, que começou em 6 de setembro e terminou em 16 de outubro, ela contou com o apoio do filho Robin e da empresa de transporte Stagecoach South, que a ajudaram no planejamento das paradas de viagem. Com a iniciativa, Ibbott arrecadou £ 2.500 (cerca de R$ 19 mil) para o St. Wilfrid’s.

“Conheci muitas pessoas interessantes e gentis. Mas frequentemente era como um exercício administrativo, porque quando eu estava no ônibus, estava sempre fazendo algo: reservando minha próxima hospedagem, respondendo a e-mails, entrando em contato com a imprensa local, descobrindo minha rota para o dia ou documentando minha jornada”, disse ao The Mirror.

Nascida em Westbourne (West Sussex), Ibbott declarou que a viagem era algo que ela planejava fazer havia muito tempo. “Pouco antes de a pandemia atingir, comecei minha aventura e viajei para o oeste em vez de para o leste”, contou. “Cheguei a Shrewsbury [na fronteira com o País de Gales] quando Boris (Johnson) anunciou que íamos para o confinamento e fui forçado a voltar para casa – foi muito decepcionante. Mas não perdi as esperanças e, quase 18 meses depois, parti novamente – desta vez arrecadando dinheiro para o Hospital St Wilfrid’s, que cuidou de Geoff antes de sua morte.”

Seu trecho favorito do caminho? “(...) definitivamente entre Minehead e Lynmouth, em Devon [sudoeste da Inglaterra], porque a paisagem era de tirar o fôlego”, disse.

Segundo Ibbott, toda a viagem demorou cinco semanas e cinco dias. Ao todo, ela viajou em 120 ônibus.

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

Devon