Baleia continua em praia de Salvador dois dias após sua morte

Jubarte foi encontrada na sexta-feira (30) ainda com vida, mas acabou morrendo horas depois; moradores retiraram partes da carne do animal para comer

Jubarte encalhada em praia no bairro de Coutos, Salvador / Foto: Instituto Baleia Jubarte

Uma baleia jubarte que encalhou em uma praia do bairro Coutos, em Salvador (BA), continua no mesmo local dois dias após sua morte.

O animal foi encontrado com vida na sexta-feira (30). Segundo reportagem do G1, a baleia era adulta e tinha cerca de 15 metros de comprimento e 39 toneladas. Na sexta, equipes do Instituto Baleia Jubarte estiveram na praia prestando atendimento, mas o animal morreu horas depois de ser encontrado.

LEIA TAMBÉM: Baleia de sete metros é encontrada morta em praia de SP

A Empresa de Limpeza Urbana do Salvador (Limpurb) foi chamada para fazer a remoção do corpo. Até sábado, 600 kg do animal havia sido retirado. São 44 homens trabalhando em revezamento. Mas, devido ao tamanho do animal e difícil acesso à praia, o trabalho deve ser concluído apenas na quarta-feira (4).

Os trabalhadores colocam os pedaços cortados do animal em sacos plásticos, que são içados até à avenida próxima à praia e então levados ao aterro.

Alguns moradores relataram ao G1 que retiraram pedaços da carcaça da baleia para comer. Um deles disse à reportagem que está passando por muita necessidade.