Banda Radiohead doa gravações em benefício de grupo ambientalista

Radiohead: chantagem de hackers revertida em prol da Extinction Rebellion. Foto: g_leon_h/Wikimedia

A banda inglesa Radiohead vai liberar 18 horas de gravações secretas feitas na época do lançamento do álbum “OK Computer” depois de ser vítima de hackeamento. Os arquivos serão vendidos na plataforma de compartilhamento de música online Bandcamp e os lucros serão doados para o grupo de ativistas ambientais Extinction Rebellion, divulgou o guitarrista do grupo, Jonny Greenwood, em sua conta no Twitter.

“Fomos hackeados na semana passada – alguém roubou o arquivo de minidiscos do [vocalista e compositor] Thom [Yorke] por volta da época de ‘OK Computer’ e supostamente exigiu 150 mil libras, sob a ameaça de liberá-lo”, divulgou Greenwood em seu Twitter. A quantia cobrada corresponde a cerca de R$ 735 mil.

“Então, em vez de reclamar – muito – ou ignorá-lo, estamos liberando todas as 18 horas no Bandcamp para ajudar a Extinction Rebellion”, prossegue o guitarrista. “Só pelos próximos 18 dias. Então, por 18 libras você poderá descobrir se deveríamos ter pago esse resgate”, complementa. Segundo Greenwood, o material hackeado, “apenas tangencialmente interessante”, nunca foi destinado ao consumo do público.

Greenwood também tuitou links para a página do Radiohead no site do Bandcamp e para o site da Extinction Rebellion. O grupo ambientalista agradeceu o presente, considerado um “apoio sem precedentes”.

“O clima e a emergência ecológica exigem coragem, verdade e generosidade como nunca antes”, ressaltaram os ativistas. “Somos muito gratos ao Radiohead por nos mostrar como isso é feito, agora e no período que antecede a rebelião de abril. As palavras são inadequadas, mas as ações mudam o mundo.”

A banda também autorizou o uso de sua música “Idioteque” para um novo vídeo promocional da Extinction Rebellion.

blog comments powered by Disqus