Brancura indesejada

Branqueamento de corais na área de Lizard Island: condição nunca vista antes

As deslumbrantes paisagens submarinas da Grande Barreira de Corais, no litoral nordeste da Austrália, correm o sério risco de virar coisa do passado em razão do aquecimento e da acidificação das águas oceânicas. As mudanças de temperatura, luz e nutrientes causadas pela água mais quente são as responsáveis pelo branqueamento dos recifes, e a ocorrência do fenômeno El Niño este ano piorou o quadro. Especialistas que visitaram em março a região de Lizard Island (a mais preservada da Grande Barreira), onde esse fenômeno foi registrado semanas antes, declararam que nunca tinham visto os corais da área em estado tão ruim. O atual branqueamento levou o governo australiano a colocar a região no mais alto nível de alerta.

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

COMPARTILHAR