Busca mais refinada por inteligência alienígena

Preocupados com alarmes falsos, cientistas criaram uma nova escala para sinais detectados em buscas por inteligência alienígena

A nova escala aumenta o rigor na análise de possíveis sinais alienígenas (Foto: iStock)

Preocupados com alarmes falsos como a declaração de astrônomos russos em 2015 de que seus aparelhos haviam detectado um sinal misterioso de uma estrela longínqua, cientistas criaram uma nova escala para esse tipo de fenômeno. Denominada Rio 2.0, ela permite a avaliação de sinais detectados em buscas por inteligência alienígena de 0 (“nada empolgante”) a 10 (o equivalente a “sonda alienígena orbitando a Terra ou ET apertando sua mão”), segundo a equipe internacional responsável.

A Rio 2.0 atualiza uma escala já usada por caçadores de alienígenas que atribui pontuações aos sinais do projeto Seti (sigla em inglês de “Busca por Inteligência Extraterrestre”), levando em conta tanto as implicações potenciais do sinal quanto a probabilidade de que ele seja genuíno.

blog comments powered by Disqus