Café e soneca mantêm pessoa atenta no turno da noite

Pesquisa australiana mostra que a combinação inesperada de café e soneca pode melhorar a atenção e reduzir a inércia do sono

Para pesquisadores australianos, a combinação de soneca e café ajuda a manter os trabalhadores do período noturno em vigília. Crédito: Pikrepo

Um simples café e uma soneca rápida podem ser a estratégia correta para ficar alerta no turno da noite. Uma nova pesquisa da Universidade da Austrália Meridional mostrou que essa combinação improvável pode melhorar a atenção e reduzir a inércia do sono. Os resultados do estudo foram apresentados em artigo na revista “Chronobiology International”.

A pesquisadora principal, drª Stephanie Centofanti, do Laboratório de Cronobiologia e Sono da Universidade da Austrália Meridional, diz que a descoberta pode ajudar a neutralizar o tipo de inércia do sono que é experimentado por muitos trabalhadores em turnos.

“Os trabalhadores em turnos são frequentemente privados de sono cronicamente porque têm padrões de sono perturbados e irregulares”, diz Centofanti. “Como resultado, eles costumam usar uma série de estratégias para tentar aumentar seu estado de alerta durante o turno da noite, e isso pode incluir cochilos revigorantes e beber café – mas é importante entender que há desvantagens para ambos.”

LEIA TAMBÉM: Estudo investiga diferenças entre amantes de café e de chá

Prejuízos

Centofani prossegue: “Muitos trabalhadores cochilam durante o turno da noite porque ficam muito cansados. Mas a desvantagem é que eles podem sentir ‘inércia do sono’ – aquele torpor que você sente logo depois de acordar –, e isso pode prejudicar seu desempenho e humor por até uma hora após a soneca. A cafeína também é usada por muitas pessoas para se manterem acordadas e alertas. Mas, novamente, se você tomar muito café, isso pode prejudicar seu sono e sua saúde em geral. E, se você usá-lo para se animar depois de uma soneca, pode levar uns bons 20 a 30 minutos para fazer efeito. Então, há um atraso significativo antes de você sentir o efeito desejado.”

Ela conclui: “Um ‘cochilo com cafeína’ (ou ‘caféchilo’) pode ser uma alternativa viável – bebendo um café antes de tirar um cochilo, os trabalhadores em turnos podem obter os benefícios de um cochilo de 20-30 minutos e depois o benefício da cafeína quando eles acordam. É uma situação em que todos ganham.”

O estudo piloto testou o impacto de 200 miligramas de cafeína (equivalente a 1-2 xícaras de café regulares) consumidos pelos participantes pouco antes de um cochilo de 30 minutos às 3h30, comparando os resultados com um grupo que tomou um placebo. Os participantes que tiraram um “cochilo com cafeína” mostraram melhorias marcantes no desempenho e no estado de alerta.

Segundo Centofanti, isso mostra uma contramedida promissora contra a fadiga para trabalhadores em turnos. Ela diz que o próximo passo é testar a nova descoberta em mais pessoas.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança