Cânions antárticos

Cientistas britânicos descobriram cadeias montanhosas e uma série de vastos cânions cobertos pelo gelo no oeste da Antártida com radares de penetração

Relevo antártico: segredos descobertos no oeste do continente (Foto: Divulgação)

Cientistas britânicos divulgaram na revista “Geophysical Research Letters”, em junho, a descoberta de cadeias montanhosas e de uma série de vastos cânions cobertos pelo gelo no oeste da Antártida. As descobertas, feitas com a ajuda de um radar de penetração de gelo durante um levantamento aéreo da região, surpreenderam os pesquisadores. Foundation Trough, o maior dos três cânions, tem mais de 32 quilômetros de largura e 345 quilômetros de comprimento. O Patuxent Trough se estende por mais de 285 km; o Offset Rift Basin, por mais de 140 km. O aquecimento global poderá reduzir a camada polar de gelo, e o tamanho e orientação dos cânions poderiam acelerar a velocidade com que o gelo flui do centro do continente para o mar, o que elevaria o nível dos oceanos e possivelmente levaria a inundações de áreas costeiras em todo o mundo.

blog comments powered by Disqus