Carbono a menos no ar

Cervejaria Heineken coloca em operação uma caldeira de biomassa, que produz 100% da energia térmica usada na planta, e reduz emissões de CO2

Planta da Heineken em Ponta Grossa: menos CO2 (Foto: Divulgação)

A cervejaria Heineken Brasil conseguiu em 2017 reduzir em 57% as emissões de dióxido de carbono na sua cervejaria de Ponta Grossa (PR) ao pôr em operação uma caldeira de biomassa, responsável por 100% da energia térmica usada na planta. No mesmo ano a empresa lançou sua estratégia local de trabalho voltada para a promoção do consumo sustentável, cujas atividades incluem a criação de uma plataforma interna com foco no tema. Ainda em 2017, a Heineken Brasil divulgou um guia de boas práticas para o transporte de cargas, que será enriquecido este ano com um manual de aplicação.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança