Cesta de mil

"A proposta é utilizar o esporte como uma ponte para a transformação pessoal, despertando consciência cidadã, disciplina, sociabilidade e respeito ao próximo" - Magic Paula

Magic Paula

Uma das maiores jogadoras de basquete do Brasil e do mundo, Maria Paula Gonçalves da Silva, a Magic Paula, não limitou sua carreira às atividades esportivas; ela decidiu usá-las, e o aprendizado que proporcionam, como base para um projeto social, o Instituto Passe de Mágica, criado em 2004.

Essa ONG sediada em Piracicaba, no interior de São Paulo, tem como objetivo fortalecer vínculos comunitários e promover qualidade de vida exatamente por meio da cultura da prática de esportes, a partir dos quatro pilares da educação definidos pela Unesco em 1999: aprender a ser, aprender a conviver, aprender a conhecer e aprender a fazer. São sete nú­cleos – três em São Paulo, dois em Piracicaba e dois em Diadema, na região metropolitana da capital –, que hoje atendem cerca de mil crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos no contraturno das aulas escolares.

LEIA TAMBÉM: Sonho possível

O comando de Paula – cujo comportamento nos jogos sempre se pautou por uma inabalável seriedade – trouxe para o Passe de Mágica diversos patrocinadores de grande porte, entre os quais estão Nike, Klabin, Casas Bahia, Sanofi e Femsa Brasil.