China poderá ser castigada por ondas de calor mortal

Ondas de calor com temperatura de bulbo úmido de pelo menos 35 °C­­ poderão atingir a Planície Norte do país várias vezes até o fim do século

Xangai: a maior cidade da China está na região mais ameaçada pelo calor (Foto: iStock)

Notícia preocupante para a Planície do Norte da China (a mais populosa região do país, hoje com 400 milhões de habitantes, que inclui Beijing e Xangai): segundo um estudo, até o fim do século a área será castigada por uma sucessão mortal de ondas de calor extremo causadas pelo aquecimento global e pela irrigação.

À temperatura de bulbo úmido (medida que reflete as propriedades físicas de um sistema constituído pela evaporação da água no ar) de 35 °C, o corpo humano não se refresca ao suar e até pessoas saudáveis sentadas à sombra podem morrer em seis horas. Segundo a pesquisa, publicada em julho na revista “Nature Communications”, ondas de calor com temperatura de bulbo úmido de pelo menos 35 °C­­ poderão atingir a planície várias vezes entre 2070 e 2100 caso o aquecimento global não seja contido.

https://www.revistaplaneta.com.br/brasil-esta-entre-paises-mais-afetados-por-ondas-de-calor/

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago