China vai limitar jogos online a 90 minutos por dia útil para menores

Medida faz parte de esforços do país asiático para evitar o vício em jogos

Participantes dos jogos terão de fornecer dados de identificação para acessá-los. Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

O governo chinês informou que vai restringir o horário de acesso de menores de idade a jogos online a 90 minutos por dia útil, como parte dos esforços para evitar o vício em jogos.

A agência estatal de notícias Xinhua informou que a medida foi anunciada nesta semana.

De acordo com o novo regulamento, jovens com 18 anos ou menos não poderão ter acesso a jogos online entre 22h e 8h. Eles poderão jogar até três horas nos fins de semana e feriados.

LEIA TAMBÉM: OMS define como doença o vício em videogames

Os usuários de jogos online deverão fazer um registro com o nome real e outras informações de identificação. Um sistema para validar esses dados pessoais foi implantado.

A agência diz ainda que, caso os provedores de jogos online não cumpram os novos regulamentos, poderão ter suas autorizações de empreendimento revogadas.

 

*Emissora pública de televisão do Japão