Uma cidade subterrânea na Austrália

Os cerca de 100 moradores de White Cliffs, no interior da Austrália, não são encontrados com facilidade, e por dois bons motivos: o calor reinante na região e a mineração de opalas.

Temperaturas acima de 40oC são comuns na cidade, sobretudo nos últimos anos.

+ Com o mindfulness, os policiais passam a agir, e não a reagir
+ Peste que dizimou os astecas é explicada em estudo
+ Minúsculas “pontes” ajudam as partículas a se unir

Cientistas australianos dizem que o estresse por calor é a maior causa natural de mortes no país.

Por outro lado, a extração de opalas, feita desde o século 19, favoreceu a criação de residências, hotéis e lojas subterrâneos. Resultado: o município adquiriu uma invejável experiência em tempos de economia de energia e subsistência autossuficiente.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

COMPARTILHAR