Cientistas encontram pegadas de neandertais de 80 mil anos

Pesquisadores estimam que pegadas representam um grupo de 10 a 13 indivíduos, e que os integrantes eram, em sua maioria, adolescentes ou crianças

Cientistas encontram pegadas de neandertais de 80 mil anos / Foto: Cortesia de Dominique Cliquet

Cientistas encontram pegadas de neandertais de 80 mil anos atrás na Normandia, França. Segundo os pesquisadores, as pegadas são um retrato da estrutura social da espécie.

Os cientistas, do Museu Nacional de História Natural da França, analisaram exatas 257 pegadas fossilizadas no sítio arqueológico de Le Rozel. O local fica próximo ao leito de um rio, e provavelmente foi preservado graças à areia que o cobriu quando a área fazia parte de um sistema de dunas.

Os pesquisadores não encontraram ossos dos neandertais, mas desenterraram ferramentas de pedra que também datam do mesmo período e que possuem características similares a outros sítios arqueológicos onde fósseis de neandertais foram encontrados.

As pegadas são consistentes com a morfologia dos pés encontrada em outras pegadas de neandertais achadas em sítios na Europa Oriental, e sugerem que os hominídeos podem ter sido mais altos do que o estimado anteriormente.

A análise do comprimento e largura das pegadas sugerem que a maioria das marcas pertenciam a adolescentes e crianças, sendo que o mais jovem foi estimado em dois anos de idade. O grupo tinha entre 10 e 13 indivíduos.

A pesquisa foi publicada no “Proceedings of the National Academy of Sciences“.