• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Ciência18/04/2022

Cientistas investigam relação entre drogas psicodélicas e consciência

Crédito: Pixabay/CC0 Public Domain

18/04/22 - 07h52min - Atualizado em 17/04/22 - 20h03min

Drogas psicodélicas como a psilocibina, um ingrediente encontrado nos chamados cogumelos mágicos, mostraram-se promissoras no tratamento de uma série de vícios e distúrbios de saúde mental. No entanto, existe algo misterioso e quase místico em seus efeitos, e acredita-se que eles fornecem conhecimentos únicos sobre a natureza da consciência.

Agora, um novo estudo de pesquisadores da Universidade Johns Hopkins (EUA) aborda a questão de se essas drogas podem mudar a atribuição de consciência a uma série de coisas vivas e não vivas.

As descobertas, publicadas na revista Frontiers in Psychology, revelam que classificações mais altas de experiências do tipo místico, que geralmente incluem uma sensação de que tudo está vivo, foram associadas a maiores aumentos na atribuição de consciência.

Motivo ainda desconhecido

“Este estudo demonstra que quando as crenças mudam após uma experiência psicodélica, as atribuições de consciência a várias entidades tendem a aumentar”, disse o dr. Sandeep Nayak, pesquisador de pós-doutorado no Centro Johns Hopkins de Pesquisa Psicodélica e da Consciência e um dos coautores da pesquisa. “Não está claro por quê – se isso pode ser um efeito inato de drogas, fatores culturais ou se as drogas psicodélicas podem de alguma forma expor vieses cognitivos inatos que atribuem características da mente ao mundo.”

Para o estudo, os pesquisadores analisaram dados coletados entre agosto de 2020 e janeiro de 2021 em 1.606 pessoas que tiveram uma experiência psicodélica de mudança de crença. Os participantes tinham em média 35 anos de idade e eram predominantemente brancos (89%), do sexo masculino (67%) e dos Estados Unidos (69%).

Os participantes do estudo completaram uma pesquisa baseada na internet que incluiu perguntas focadas em mudanças de crenças atribuídas a uma única experiência psicodélica com uma substância psicodélica clássica (por exemplo, cogumelos com psilocibina, LSD, ayahuasca). A pesquisa também incluiu perguntas sobre demografia, uso de drogas psicodélicas, personalidade e conhecimento e atitudes científicas.

Mudanças podem ser duradouras

O estudo descobriu que entre as pessoas que tiveram uma única experiência psicodélica que alterou suas crenças de alguma forma, houve grandes aumentos na atribuição de consciência a uma série de coisas animadas e inanimadas. Por exemplo, de antes para depois da experiência, a atribuição de consciência a insetos cresceu de 33% para 57%, para fungos de 21% para 56%, para plantas de 26% para 61%, para objetos naturais inanimados de 8% para 26 % e para objetos inanimados feitos pelo homem de 3% a 15%.

“Em média, os participantes indicaram que a experiência de mudança de crença em questão ocorreu oito anos antes de participar da pesquisa, então essas mudanças de crença podem ser duradouras”, disse Nayak.

As drogas psicodélicas clássicas – a classe farmacológica de compostos que inclui psilocibina e LSD – produzem ilusões visuais e auditivas e mudanças profundas na consciência, alterando a percepção de uma pessoa de seus arredores e de seus pensamentos e sentimentos. Essas substâncias produzem mudanças incomuns e convincentes na experiência consciente, o que levou alguns a propor que os psicodélicos podem fornecer conhecimentos únicos sobre a natureza da própria consciência.

“Os resultados que sugerem que uma única experiência psicodélica pode produzir um amplo aumento na atribuição de consciência a outras coisas levantam questões intrigantes sobre possíveis mecanismos inatos ou experienciais subjacentes a essas mudanças de crenças”, disse o dr. Roland Griffiths, professor de Neuropsicofarmacologia da Consciência na Escola de Medicina da Universidade Johns Hopkins e diretor fundador do Centro Johns Hopkins de Pesquisa Psicodélica e da Consciência. “O tema da consciência é um problema científico notoriamente difícil que levou muitos a concluir que ele não é solucionável.”

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

consciência