Cobra de três olhos é encontrada na Austrália

Raio-X revelou que cobra tinha apenas um crânio com uma cavidade ocular extra e três olhos funcionais

Cobra de três olhos é encontrada na Austrália / Foto: Northern Territory Parks and Wildlife
Cobra de três olhos é encontrada na Austrália / Foto: Northern Territory Parks and Wildlife

Guardas-florestais encontraram uma cobra de três olhos na estrada Arnhem Highway, perto da cidade de Darwin, na Austrália. Eles compartilharam imagens do animal no Facebook, e o post viralizou.

Segundo o órgão governamental responsável pelos parques e reservas do Território do Norte da Austrálila (Northern Territory Parks and Wildlife– NTPW), a cobra era jovem e tinha cerca de 40 centímetros de comprimento.

De acordo com reportagem da BBC News, a cobra foi encontrada em março e morreu algumas semanas depois. Ela tinha dificuldades de se alimentar devido à sua deformidade no crânio. O animal era uma píton, mais exatamente uma “píton-carpete”, espécie que pode crescer entre 2 e 4 metros, bastante encontrada na Austrália, Indonésia e Papua Nova Guiné.

Segundo comunicado do NTPW, a cobra foi submetida a um raio-x que revelou que ela não tinha duas cabeças que se fundiram em uma, como se especulou, mas tinha apenas um crânio com uma cavidade ocular extra e três olhos que pareciam funcionar perfeitamente.

Cobra de três olhos é encontrada na Austrália / Foto: Northern Territory Parks and Wildlife
Cobra de três olhos é encontrada na Austrália / Foto: Northern Territory Parks and Wildlife

Acredita-se que o olho extra se desenvolveu bem cedo durante o estágio embrionário de desenvolvimento. As autoridades do órgão divulgaram que é extremamente improvável que a configuração ocular anormal da cobra tenha se desenvolvido por fatores ambientais.

Eles afirmam que é quase certo que essa é uma ocorrência natural, embora a formção de três olhos seja bastante rara, já que répteis mal formados são relativamente comuns.