Com novo robô, exame de colonoscopia fica menos desagradável

Robô poderá ajudar em exame. Foto: Universidade de Leeds

O professor Pietro Valdastri, da Universidade de Leeds, no Reino Unidos, e seus colegas desenvolveram um braço robótico que pode realizar colonoscopias de forma mais simples e menos desagradável. O mecanismo usa um algoritmo de aprendizado para mover uma sonda flexível ao longo do cólon.

A sonda consiste em um tubo com uma lente de câmera na ponta e que o robô controla por meio de um ímã externo ao corpo do paciente. Sendo assim, o mecanismo pode funcionar de forma autônoma ou ser controlado por um humano usando uma espécie de controle de videogame. Os tubos convencionais são usados apenas por especialistas treinados e são muito difíceis de operar.

Até o momento, os pesquisadores tiveram sucesso fazendo testes em um cólon artificial e em dois porcos. Dessa forma, eles acreditam que o novo procedimento pode ser menos doloroso do que as colonoscopias convencionais e pode ser usado em pacientes sem sedação.

O time tem planos de testar o procedimento em cinco voluntários saudáveis já em 2021 e, se ele tiver sucesso, passará a ser usado para realizar exames de colonoscopia em pacientes com doença inflamatória intestinal.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

COMPARTILHAR