• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Astronomia04/07/2022

Como é uma chuva de meteoros no céu 100% limpo? Veja

Mosaico de 99 imagens da chuva de meteoros Eta Aquáridas em 2013: espetáculo impressionante retratado com toda sua magnitude este ano no Atacama, como revela a foto mais abaixo. Crédito: NASA All Sky Fireball Network

04/07/22 - 12h04min

A chuva de meteoros Eta Aquáridas, que teve o seu máximo no início de maio deste ano, foi capturada na imagem impressionante do astrofotógrafo Petr Horálek reproduzida abaixo. A foto foi tirada perto de San Pedro de Atacama, uma vila chilena a cerca de 50 km do observatório de Chajnantor, onde estão localizados o APEX e o ALMA, instalações astronômicas que são copropriedade do Observatório Europeu do Sul (ESO).

Os meteoros da Eta Aquáridas são causados por restos do cometa de Halley e podemos vê-los nas brilhantes “setas” de luz que aparecem na foto. E não paramos por aqui: esta imagem está literalmente cheia de fenômenos astronômicos.

Planetas em conjunção

O objeto luminoso que vemos baixo no céu é o planeta Vênus. Acima dele, formando uma linha bastante satisfatória, temos vários planetas em conjunção. Diretamente acima de Vênus está Júpiter, seguido pelo brilhante Marte vermelho e depois Saturno. Conjunções como esta são raras, ocorrendo frequentemente com intervalos de décadas. Os planetas traçam também a luz zodiacal, um brilho tênue em forma de pilar que se estende para cima em direção ao centro denso e brilhante de estrelas da Via Láctea, a nossa galáxia.

A luz zodiacal é observada frequentemente em locais escuros, tais como os observatórios do ESO, logo após o pôr do Sol, ou antes do nascer do Sol. Trata-se de luz solar refletida por partículas de poeira que se encontram no plano do Sistema Solar. Essa poeira vem de asteroides e cometas que passam perto de nós e até de outros planetas interiores do Sistema Solar como, por exemplo, Marte. Nesta imagem vemos a luz zodiacal acompanhada de um pôr de Sol vermelho sobre as montanhas e vulcões que circundam o Chajnantor, um cenário espetacular para esse onírico céu noturno.

Saiba mais

+ CPF do remetente deverá constar nas encomendas enviadas pelos Correios
+ Por que Saturno é tão temido?
+ Astrônomos chegam a consenso sobre a idade do universo
+ Fã ‘faz diagnóstico’ de hérnia em Rafa Kalimann, que confirma
+ Corpo de responsável por câmeras de clube onde petista foi assassinado é encontrado no Paraná
+ Por que Saturno é tão temido?
+ Veja objetos, símbolos e amuletos que atraem riqueza
+ Anitta conta o que a levou a fazer tatuagem no ânus
+ Ancestral humano desconhecido deixou pegadas estranhas na África


Alma