• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Ciência17/02/2022

Como testes genéticos identificam a origem de seus antepassados? Confira

Crédito: Arte sobre foto/Pixabay – CC

17/02/22 - 07h58min

Você sabia que o resultado de um teste de ancestralidade pode sofrer variações com o tempo ou entre empresas que oferecem o serviço? O que será que as informações genéticas que carregamos, transmitidas de geração para geração, podem realmente nos dizer a respeito da nossa história e a de nossos antepassados?

A série de vídeos ABC Ancestralidade é uma produção do Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco (Genoma USP) que discute o universo da ancestralidade e sua relação com a genética humana. Disponível no Canal do YouTube, a série já conta com 12 vídeos sobre temas específicos, como DNA mitocondrial e cromossomo Y, até questões mais abrangentes, como a origem humana na África. O conteúdo destaca, ainda, algumas dicas do que fazer antes de escolher um teste genético.

Nos vídeos, os pesquisadores do Genoma USP levam ao público o que aprenderam em livros e nas bancadas de laboratórios. A produção é uma das principais ações de divulgação científica do grupo para as redes sociais. De acordo com a equipe de educação e difusão do centro de estudos, o objetivo é levar ao público informação sobre ciência, com foco em genética, e aproximá-lo dos cientistas do Genoma USP e das pesquisas por eles desenvolvidas.

Amostras populacionais atuais

Com perguntas simples e respostas completas, os vídeos questionam – por exemplo – se é possível saber a origem dos ancestrais com 100% de certeza. “A gente se baseia em amostras populacionais atuais, então é importante lembrar que as fronteiras políticas do que a gente chama de países, hoje em dia, não necessariamente refletem esses grupos no passado”, explica Michel Naslavsky, um dos geneticistas do Genoma USP no vídeo Testes de ancestralidade são certeiros? Conheça a série a seguir:

Genoma USP

O Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco (Genoma) da USP trabalha na fronteira da pesquisa científica sobre o genoma humano e o aconselhamento genético de famílias. O Genoma USP é o maior centro de atendimento a pessoas com doenças genéticas na América Latina. O trabalho do grupo busca compreender o mecanismo genético que dá origem às doenças e desenvolver ferramentas que possam melhorar a saúde e a qualidade de vida da população.

Pioneiro no Brasil, o Genoma USP estuda as relações entre os genes e os sintomas de doenças em seres humanos. Entre elas, a distrofia muscular de Duchenne, doença que causa a degeneração progressiva da musculatura.

Confira todos os episódios da série no Canal do Genoma USP no YouTube.

Encontre o Genoma USP:

https://genoma.ib.usp.br

https://www.instagram.com/genoma.usp

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

ABC Ancestralidade