Confecção sustentável

Selo Eco Cycle, da Vicunha Têxtil, assinala a criação de tecidos a partir de processos mais racionais e limpos, unindo eficiência e inovação

Roupa da Vicunha produzida sob o selo Eco Cycle: processos mais racionais e limpos (Foto: Denny Sach)

A Vicunha Têxtil lançou em maio o selo Eco Cycle, que vai estar presente em vários produtos da empresa e assinala a criação de tecidos a partir de processos mais racionais e limpos, unindo eficiência e inovação. O selo, guiado pelo conceito REfuture (encontro de passado e futuro no presente), abrange três movimentos: REduce (ligado ao uso racional de água, do tratamento de efluentes ao emprego de fórmulas exclusivas nos processos químicos de tingimento e acabamento), REuse (voltado para a maximização da eficiência e a minimização do desperdício de água e energia) e REcycle (associado à reciclagem e à reutilização da fibra de algodão, que volta a ser tecido; os resíduos são convertidos em combustível para alimentar as caldeiras).

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança