Covid-19: estacionamento de aeroporto de Montevidéu vira cine drive-in

Local tem a maior tela ao ar livre da América do Sul e espera receber mais de 20 mil espectadores durante os dois meses previstos para a iniciativa

Aeroporto internacional de Carrasco, em Montevidéu: durante dois meses, o estacionamento faz às vezes de cinema drive-in. Crédito: Divulgação

O Aeroporto de Carrasco, principal terminal aéreo do Uruguai, trocou as decolagens e aterrissagens de aviões por filmes. O estacionamento foi transformado em cinema drive-in após o surgimento do novo coronavírus. O local, que tem capacidade para aproximadamente 100 veículos, exibe sessões de quinta a domingo. De segunda a quarta, o espaço está reservado para sessões privadas ou eventos para empresas.

Os cinemas do país estão fechados desde que foi declarada emergência sanitária no Uruguai, no dia 13 de março. Agora, com a abertura do drive-in no aeroporto, os moradores de Montevidéu têm a oportunidade de desfrutar da experiência do cinema sem a preocupação de estar em locais fechados, como as salas tradicionais. Para muitos, é a primeira saída recreativa com as crianças desde o início do surto de covid-19.

LEIA TAMBÉM: Turismo internacional deve encolher até 80% em 2020 com covid-19

O espaço foi inaugurado no dia 23 com um show de música do DJ Sanata, um personagem caricato e divertido, criado pelo comunicador uruguaio Gonzalo Cammarota.

A iniciativa terá duração de dois meses. Além da exibição dos filmes, o local tem um cenário onde se organizarão espetáculos e eventos musicais. A tela do drive-in possui 20 x 16 metros e é a maior, ao ar livre, da América do Sul.

A programação, atualmente com 11 filmes, é variada. Há obras infantis, como O Rei Leão e Dois Irmãos, e adultas, como Bohemian Rhapsody e Coringa. Às quintas, sextas e domingos, são exibidas duas sessões, e aos sábados, três.

Os idealizadores esperam realizar cerca de 80 exibições, com mais de 20 mil espectadores durante os dois meses em que a proposta funcionará.

Ingressos

Os ingressos custam 590 pesos uruguaios por veículo (cerca de R$ 73). As entradas para as sessões são vendidas apenas pela internet e os protocolos sanitários do Ministério da Saúde uruguaio são respeitados, como a obrigatoriedade do uso de máscaras pelos funcionários. Antes de cada filme, um anúncio com as medidas de higiene e prevenção são informadas ao público.

Quem for às sessões pode comprar lanches na praça de alimentação do aeroporto ou pelo próprio site da iniciativa, recebendo os alimentos diretamente no carro, para evitar contatos e cumprir com as medidas de distanciamento físico e prevenção de contágios. Os usuários podem utilizar os banheiros do aeroporto, cuja entrada é permitida apenas com o uso de máscaras.

Os espectadores são convidados a fazer doações para a campanha Unidos para Ajudar, uma iniciativa de arrecadação de alimentos, produtos de higiene, roupas e brinquedos, que são entregues para pessoas carentes e em situação de vulnerabilidade.

A iniciativa é uma parceria entre o Aeroporto de Carrasco e as empresas Life Cinemas e Magnolio Media Group.

Aeroporto internacional de Carrasco, em Montevidéu: durante dois meses, o estacionamento faz às vezes de cinema drive-in. Crédito: Divulgação

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança