Covid: Estudo indica que substância presente na maconha pode reduzir danos nos pulmões

Substância está presente na maconha. Foto: Pixabay

Cientistas da Universidade de Augusta, nos Estados Unidos, publicaram uma pesquisa no Journal of Cellular and Molecular Medicine, no último dia 15 de outubro, que mostra que o canabidiol pode ajudar a reduzir os danos causados pela Covid-19 no pulmão. 

A substância está presente na maconha. Na pesquisa, eles explicam que ela permite um aumento nos níveis de um peptídeo natural conhecido por reduzir inflamações, que é chamado de apelina. 

Ela é produzida por células de diversas partes do corpo como coração, pulmão e cérebro e é importante reguladora da pressão arterial. De acordo com os estudiosos, quando a pressão fica alta, os níveis da apelina aumentam para fazer com que ela diminua.

Sendo assim, o peptídeo supostamente faz o mesmo para ajudar a normalizar os aumentos significativos na inflamação dos pulmões. Segundo os cientistas, a apelina é bem parecida com a enzima conversora de angiotensina 2, que tem papel importante na infecção das células pela doença. Elas estão presentes em vários tipos de tecidos e trabalham juntas para controlar a pressão.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

COMPARTILHAR