Cratera Jezero, Marte: o cenário a ser explorado

Cratera que teria sido habitável foi escolhida para ser explorada pelo rover Perseverance depois de cinco anos de seleção feita por cientistas de todo o mundo

Cratera Jezero: no topo de uma escolha internacional. Crédito: Nasa/JPL-Caltech/USGS

A imagem acima mostra uma possível área através da qual o rover Perseverance poderá atravessar a cratera Jezero, em Marte, enquanto investiga vários ambientes antigos que podem ter sido habitáveis.

O percurso começa nas falésias que definem a base de um delta produzido por um rio à medida que este desaguava num lago que outrora enchia a cratera. O caminho então atravessa o delta em direção a possíveis depósitos costeiros antigos. Em seguida, sobe a borda da cratera de 610 metros de altura para explorar as planícies ao redor. Cerca de metade dessa travessia poderia ser concluída na missão principal do Perseverance (um ano de Marte ou dois anos terrestres).

Como referência, a cratera proeminente perto do centro da imagem tem cerca de 1 quilômetro de diâmetro.

Os cientistas acreditam que a área já foi inundada com água e abrigou um antigo delta de rio. O processo de seleção do local de pouso envolveu uma combinação de membros da equipe da missão e cientistas de todo o mundo, que examinaram cuidadosamente mais de 60 locais candidatos no Planeta Vermelho. Após o estudo exaustivo de cinco anos de locais em potencial, cada um com suas características e atrativos únicos, Jezero subiu ao topo.

A cratera Jezero conta uma história da natureza intermitente do passado úmido de Marte.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança