Dente ancestral

AFPFORUM

Dois jovens arqueólogos voluntários – Camille, de 16 anos, e Valentin, de 20 – acharam numa caverna em Tautevel, no sudoeste da França, um dente de cerca de 560 mil anos de idade, época pobre em fósseis na Europa. O local da descoberta, um dos mais importantes sítios pré-históricos do mundo, já é escavado há 50 anos. Ali haviam sido encontrados mais de 140 restos de esqueletos do chamado “homem de Tautavel”, que viveu cerca de 450 mil anos atrás. O dente achado pode esclarecer a presença humana naquela região em um passado mais remoto. Seu dono, que pode ter sido homem ou mulher, viveu num período frio, seco e ventoso, em que, segundo imagens na caverna, caçavam-se cavalos, renas, bisões e rinocerontes.

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

COMPARTILHAR