Desafio do plástico

Unilever sugere adoção de quatro iniciativas-chave para acelerar a transição rumo à economia circular para enfrentar o desafio dos resíduos plásticos nos oceanos

A anglo-holandesa Unilever convocou em janeiro outras indústrias de bens de consumo a unir-se para enfrentar o desafio dos resíduos plásticos nos oceanos e desenvolver uma economia circular para o material. Hoje, apenas 14% das embalagens plásticas são coletadas para reciclagem no mundo. Diante disso, a empresa sugere a adoção de quatro iniciativas-chave para possibilitar mudanças sistêmicas e, assim, acelerar a transição para a economia circular: 1) investir em inovação direcionada a modelos que promovam o reúso das embalagens plásticas; 2) adotar o compromisso (já assumido pela Unilever) com embalagens 100% reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis até 2025 e fixar metas para o pós-consumo; 3) criar um Protocolo Global de Plásticos com definições e padrões industriais em relação aos materiais que devem ser usados e que garanta uma infraestrutura de reciclagem economicamente viável; 4) liderar discussões com o setor público para fomentar melhorias na infraestrutura da gestão do lixo.

blog comments powered by Disqus