Descoberta barata do mar gigante no litoral da Indonésia

Crustáceo semelhante às baratas terrestres, o Bathynomus raksasa tem 14 patas e chega a atingir 50 centímetros

Foto que permite uma comparação entre o Bathynomus raksasa e a mão humana: tamanho considerável. Crédito: Ikcnhm

Se uma barata comum não é uma visão agradável, imagine-se uma bem maior, com 14 patas em vez de 6. Foi o que pesquisadores encontraram perto da costa de Banten, no lado ocidental de Java (Indonésia). A descoberta foi um esforço conjunto de uma equipe da Universidade Nacional de Singapura e do Centro de Pesquisa em Oceanografia do Instituto Indonésio de Ciências (Lipi).

A barata gigante foi vista pela primeira vez em 2018. Agora, após dois anos, a criatura foi identificada como pertencente a uma nova espécie e ganhou o nome Bathynomus raksasa. Mas muitos a estão identificando como “Darth Vader”, em referência ao lendário vilão da cinessérie Guerra nas Estrelas.

O Bathynomus raksasa é um isópode gigante, um tipo de crustáceo que se assemelha às baratas da terra, mas está mais intimamente relacionado a espécies marinhas como caranguejos e camarões. O crustáceo pode crescer até atingir 50 centímetros de tamanho. Com isso, trata-se da segunda maior espécie de isópode conhecida.

LEIA TAMBÉM: Macaco é enjaulado pelo resto da vida por ataque de fúria na Índia

As 14 patas ajudam a criatura a se mover pelo leito oceânico em busca de comida. O Bathynomus raksasa se alimenta de restos de outros animais marinhos mortos. Assim como outras baratas, ele pode sobreviver sem comida por dias.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança