Dia Mundial do Rinoceronte: programação especial na TV

Documentários nos canais National Geographic e National Geographic Wild destacam um dos animais mais ameaçados do planeta e esforços para preservá-lo

Rinoceronte: animal ameaçado é destaque na programação do dia. Crédito: Diego Delso/Wikimedia

No dia 22 de setembro, os canais por assinatura National Geographic e National Geographic Wild se juntam para celebrar o Dia Mundial do Rinoceronte com a estreia de documentários e séries inspiradores. A partir das 17h, o National Geographic estreia os documentários Akashinga: Guerreiras da África e Rinocerontes em Risco: Comércio de Chifres. Algumas horas mais tarde, a partir das 20h30, estreiam no National Geo Wild as séries Segredos do Zoológico: Rinocerontes e Orfanato de Rinocerontes.

O documentário Rinocerontes em Risco: Comércio de Chifres dá visibilidade ao tráfico de chifres de rinoceronte, um dos negócios ilegais mais lucrativos do mundo, que se estende por todos os continentes e ameaça a biodiversidade do planeta. Já Akashinga: Guerreiras da África segue a história de Petronella Chigumbura e suas colegas guardas-florestais anticaça. Esse grupo de mulheres fez um chamado à comunidade local no Zimbábue para que mães solteiras, esposas abandonadas e sobreviventes de violência sexual e doméstica se inscrevam em uma intensa seleção de treinamento para tentarem se juntar às guardas-florestais e ajudá-las a proteger elefantes e outros animais selvagens de caçadores furtivos em toda a África.

Já na programação do National Geo Wild, a homenagem a esse mamífero tão singular começa às 20h30 com a transmissão de um episódio temático de Segredos do Zoológico: Rinocerontes. Em seguida estreiam os três primeiros episódios da série Orfanato de Rinocerontes, que mostra os bastidores do primeiro orfanato dedicado a rinocerontes da África, onde uma equipe amorosa luta para garantir o futuro de uma espécie.

LEIA TAMBÉM: Cientistas criam embriões para salvar rinoceronte branco do Norte

Compromisso

Por outro lado, no âmbito do Dia Mundial do Rinoceronte, a National Geographic Society reforça o seu compromisso sustentado com a conservação da espécie como parte do “Sumatran Rhino Rescue”, um programa criado em 2018 em conjunto com outras organizações conservacionistas para apoiar os esforços do governo indonésio sobre a preservação do rinoceronte de Sumatra. A missão do programa é a transferência de rinocerontes e a construção de instalações para seu cuidado e criação, a fim de reverter a tendência das espécies ameaçadas de extinção.

O Fundo para a Conservação da Disney apoia atualmente dois programas de conservação de rinocerontes na África. No Quênia, trabalha com a organização Lewa Wildlife Conservancy na educação de jovens por meio de experiências imersivas que lhes permitem valorizar as espécies ameaçadas do lugar e ter as habilidades necessárias para promover esforços de conservação em suas comunidades. Na Zâmbia, junto com a Save the Rhino International, promove a proteção do rinoceronte negro local, apoiando o treinamento em escolas e implementando iniciativas que permitem que crianças e adultos conectem o conservacionismo com as comunidades.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança