Eclipse solar na Antártida: quando o extremo sul da Terra fica na escuridão

Foto de satélite registra o momento em que o continente gelado fica coberto pela sombra

Eclipse solar total do último sábado na Antártida visto de satélite: o extremo sul do planeta está coberto pela umbra. Crédito: Nasa

Esta imagem de nosso planeta natal mostra como a Terra parecia a mais de 1,5 milhão de quilômetros de distância durante o eclipse solar total visível na Antártida em 4 de dezembro de 2021.

O instrumento EPIC na espaçonave DSCOVR, da Nasa, capturou a umbra do eclipse. Umbra é o nome dado à sombra escura e interna provocada pela interposição da Lua entre o Sol e o planeta Terra. Com a forma de um cone que se estende no espaço, tem uma seção transversal circular mais facilmente vista durante um eclipse.

O eclipse ocorreu no último sábado, 4 de dezembro, a partir das 7h00 GMT (4h00 da manhã em Brasília), e durou cerca de duas horas, mas o ápice do fenômeno demorou apenas 46 segundos.

Veja também
+ Jovem grava momento em que mulher morre sem saber que se tratava de sua mãe
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago