Em uma galáxia espiral distante na constelação de Virgem

Imagem de galáxia NGC 5037 contém uma riqueza de detalhes rara, graças a uma câmera especial instalada no Hubble em 2009

Galáxia NGC 5037: imagem revela as delicadas estruturas de gás e poeira em seu interior. Crédito: ESA/Hubble & Nasa, D. Rosario; agradecimento: L. Shatz

Esta imagem mostra a galáxia espiral NGC 5037, localizada na constelação de Virgem. Ela foi documentada pela primeira vez por William Herschel em 1785. A NGC 5037 fica a cerca de 150 milhões de anos-luz de distância da Terra.

A foto mostra as delicadas estruturas de gás e poeira dentro da galáxia em detalhes extraordinários. Isso foi possível pela Wide Field Camera 3 (WFC3) do telescópio espacial Hubble, da Nasa/ESA, que coletou as exposições combinadas para criar esta imagem.

A WFC3 é uma câmera muito versátil. Como pode coletar luz ultravioleta, visível e infravermelha, ela fornece, assim, uma riqueza de informações sobre os objetos que observa. Ela foi instalada no Hubble por astronautas em 2009, durante a missão de serviço 4 – a quinta e última missão de manutenção do Hubble.

A missão de serviço 4 pretendia prolongar a vida do Hubble por mais cinco anos. Doze anos depois, porém, o Hubble e a WFC3 permanecem em uso ativo.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago