Emprego para eunucos

Casos de abuso de garotas e mulheres em centros de acolhimento deve ser reduzido com a contratação de eunucos e transgêneros, abrindo um segmento importante de trabalho para essas pessoas

Depois de tomar conhecimento de um relatório relativo a mais de 100 centros de acolhimento que registrou cerca de 1.100 casos por ano de abusos sexuais de garotas e mulheres, o estado de Bihar, no leste da Índia, decidiu em julho contratar eunucos (homens cuja genitália foi removida) e pessoas transgênero para trabalhar como guardas de segurança nesses locais. Chamados no sul da Ásia de “hijras” (categoria que inclui pessoas cujo gênero sexual não se encaixa na condição binária), os eunucos são celebrados em textos clássicos do hinduísmo e tiveram papel importante nas cortes mongóis, como guardas de harém, mas foram declarados criminosos por uma lei dos dominadores ingleses de 1897. A ideia das autoridades de Bihar deverá não só reduzir os casos de abuso nas instituições como abrir um segmento importante de trabalho para essas pessoas, que têm dificuldade em achar emprego.

blog comments powered by Disqus