Empresa vai produzir água em lata para reduzir uso de plástico

Pepsico anunciou que vai passar a vender água da marca Aquafina em latas de alumínio a partir de 2020

reciclagem plástico
Pepsico vai lançar água em lata de alumínio / Foto: Divulgação

A empresa de bebidas Pepsico anunciou, na última sexta-feira (28), que vai começar a produzir a marca de água Aquafina em latas de alumínio, ao invés de garrafas de plástico.

A companhia afirmou que vai começar a fornecer água em lata em cadeias de restaurantes e redes de fast food já em 2020.

A mudança faz parte da iniciativa da empresa de reduzir o uso de plástico em seu produtos, já que esse material está contaminando ambientes como oceanos e afetando a vida de animais selvagens.

O alumínio é um material muito mais reciclado do que o plástico. O Brasil inclusive é um dos líderes mundiais desse setor. Em 2017, o índice de reciclagem de latas de alumínio para bebidas vendidas alcançou 97,3%. Para efeito de comparação, o índice de reciclagem de plástico no Brasil é de cerca de 25%. No mundo, essa taxa cai para apenas 9%.

Segundo a Associação Brasileira do Alumínio (Abal), de 303,9 mil toneladas de latas de alumínio para bebidas colocadas no mercado em 2017, 295,8 mil toneladas foram recolhidas e recicladas.

Segundo Ramon Laguarta, CEO da Pepsico, a companhia reconhece seu papel nas mudanças exigidas pela sociedade em relação ao uso de plástico. “Lidar com o lixo plástico é uma das minhas principais prioridades e um desafio pessoal”, afirmou Laguarta em um comunicado.

A Pepsico divulgou que ainda não vai eliminar totalmente o uso do plástico, mas que a nova iniciativa vai retirar da indústria mais de 8 mil toneladas de plástico virgem, ou seja, não reciclado. A empresa também se comprometeu a usar apenas plástico que for reciclável, compostável ou biodegradável em suas embalagens até 2025, e também a produzir suas garrafas plásticas usando 25% de material reciclado.