Empresas Verdes

Coleta bem-sucedida

Cooperativa cearense recicla lixo do programa : mais de 10 mil pessoas mobilizadas (Foto: Paulo Fridman)
Cooperativa cearense recicla lixo do programa : mais de 10 mil pessoas mobilizadas (Foto: Paulo Fridman)

O programa Coleta Seletiva nas Escolas, parceria da Tetra Pak com a ONG No Olhar que propõe a implantação de coleta seletiva em escolas e a conscientização de alunos e professores sobre reciclagem, meio ambiente e cidadania, fechou 2016 com ótimos números no Ceará. A iniciativa, realizada no segundo semestre nas cidades de Crato e Juazeiro do Norte, mobilizou mais de 10 mil pessoas. Com o apoio de professores, alunos, familiares e catadores foram recolhidas 12 toneladas de materiais recicláveis. No Crato, junto com a Associação dos Agentes Recicladores da cidade, foram coletadas outras 15 toneladas desses materiais; em Juazeiro do Norte, com o auxílio da Associação dos Catadores de Engenho do Lixo, o volume adicional foi de 20 toneladas. O projeto integra o programa Cultura Ambiental nas Escolas, que desde 1997 já beneficiou mais de 6 milhões de alunos e mais de 40 mil escolas públicas e privadas.

 

Cabo 100% reciclável

12_PL529_empresasVerdes2

A Furukawa, fabricante de equipamentos para infraestrutura de redes de comunicação e energia, lançou no Brasil o cabo GigaLan MAX Green, o primeiro destinado a redes locais que utiliza polietileno verde (extraído do etanol de cana-de-açúcar) no seu revestimento. Além de ser totalmente reciclável, o cabo é mais seguro, proporciona maior facilidade de instalação e menor ocupação na infraestrutura de rede das empresas. A novidade apresenta ainda um desempenho elétrico superior ao especificado pelas normas brasileiras e internacionais.

 

Embalagens reaproveitáveis

TeEmbalagens de plástico da Unilever serão reaproveitáveis (Foto: Kitzzeh)
TeEmbalagens de plástico da Unilever serão reaproveitáveis (Foto: Kitzzeh)

A Unilever anunciou que, até 2025, 100% de suas embalagens serão de plástico reutilizável, reciclável ou compostável. A companhia também pretende reduzir em um terço o peso das embalagens até 2020 e a aumentar em ao menos 25% o uso de plástico reciclado nas embalagens até 2025 (tendo como ano-base 2015). As iniciativas reiteram o compromisso da companhia com os Global Goals, que inclui entre suas 17 metas atingir o consumo e a produção sustentáveis. Segundo dados da Ellen MacArthur Foundation (EMF), apenas 14% das embalagens de plástico usadas no mundo chegam às cooperativas de reciclagem, enquanto 40% são destinadas a aterros e 33% são descartadas em ecossistemas como oceanos e florestas tropicais. Estima-se que, até 2050, haverá mais plástico do que peixes nos oceanos.

 

Entrega verde

Veículo elétrico usado para entregas da Natura: logística sustentável (foto: Divulgação)
Veículo elétrico usado para entregas da Natura: logística sustentável (foto: Divulgação)

A fabricante de cosméticos Natura implantou um projeto de logística verde que utiliza mais de 20 veículos sustentáveis, entre carros elétricos e bicicletas, para entregar produtos da marca em São Paulo (SP), Valinhos (SP), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES) e Porto Alegre (RS). A empresa foi a primeira na América Latina a usar veículos de carga elétricos nesse tipo de operação. O projeto, iniciado em outubro de 2014, ganhou uma nova etapa em junho de 2016, com a adoção de bicicletas. Ao todo, a entrega verde evitou a emissão de 24,7 mil kg de CO2 equivalente na atmosfera, o que corresponde a quatro voltas de carro ao redor da Terra.

 

Economia energética

Um dos aquecedores doados: economia suficiente para abastecer 525 lares por ano (Foto: Divulgação)
Um dos aquecedores doados: economia suficiente para abastecer 525 lares por ano (Foto: Divulgação)

A distribuidora CPFL Piratininga doou 1.500 aquecedores solares, em 2016, para famílias com baixo poder aquisitivo das cidades paulistas de Sorocaba, Indaiatuba, Iperó, Itu, Louveira, Salto e Votorantim. A iniciativa, parte do projeto Comunidades Eficientes, consumiu R$ 3,75 milhões em investimentos, por meio do Programa de Eficiência Energética da empresa. Com a doação e a instalação dos aquecedores solares, espera-se que os clientes beneficiados obtenham uma economia de 1.260 MWh/ano no consumo de energia. Para efeito de comparação, esse volume poderia abastecer 525 residências durante um ano, com consumo médio mensal de 200 KWh.

 

Controle via satélite

Imagem do GFW: vigilância feita do espaço (Foto: Reprodução)
Imagem do GFW: vigilância feita do espaço (Foto: Reprodução)

O Carrefour integra desde fevereiro a Global Forest Watch (GFW), rede global de defesa florestal com vários parceiros no mundo. Por meio de um novo sistema de monitoramento via satélite, a GFW oferece a essas empresas dados de mapeamento das áreas de floresta, que permitem acompanhar online a evolução do desmatamento ou recuperação de áreas verdes. Dessa forma, a ferramenta auxilia os parceiros da rede a selecionar e gerir seus fornecedores, evitando fazer negócios com empresas vinculadas ao desmatamento ilegal e estimulando a agropecuária sustentável. Além de compartilhar suas informações com a ONG e outros parceiros, o Carrefour usará os dados do sistema na gestão de parceiros e fornecedores no Brasil, e as informações sobre as demais zonas monitoradas também poderão ser acessadas por outras operações da companhia no mundo.

COMPARTILHAR