• IstoÉ
  • IstoÉ Dinheiro
  • Dinheiro Rural
  • Menu
  • Motorshow
  • Planeta
  • Select
  • Gente
  • GoOutside
  • Hardcore
Anuncie
Assine
Revista Planeta
MenuMenu
FECHAR
  • Home
  • Astronomia
  • Arqueologia
  • Ciência
  • Viagem
  • Espiritualidade
  • Siga-nos:Facebook
Ciência04/04/2022

Escavadeira danifica pegadas de dinossauro com 112 milhões de anos

Escavadeira danifica pegadas de dinossauro com 112 milhões de anos

Escavadeira danifica pegadas de dinossauro com 112 milhões de anos (Foto: Reprodução/Facebook)

04/04/22 - 18h02min

Várias pegadas de dinossauros que sobreviveram intactas por mais de 112 milhões de anos foram danificadas depois que uma equipe de construção chegou para construir um novo calçadão para turistas na trilha de dinossauros Mill Canyon, no estado americano de Utah.

As informações foram compartilhadas em um relatório do Bureau of Land Management (BLM) na semana passada. De acordo com a agência, o dano foi avaliado como pequeno e teria sido pior se os moradores locais não tivessem visto marcas de pneus de máquinas pesadas no chão, o que resultou na interrupção imediata do projeto do calçadão.

No entanto, as faturas nas bordas de várias pegadas não podem ser reparadas. Além disso, futuros ciclos de congelamento e descongelamento podem fazer com que as rachaduras se alarguem, segundo o relatório do BLM. Os especialistas ainda disseram que os danos foram causados ​​tanto pelo tráfego de pedestres quanto por equipamentos de construção, pois uma empreiteira usou uma escavadeira para remover o antigo calçadão.

"Como resultado, os fósseis de traços foram danificados", afirma o relatório, escrito pelo paleontólogo Brent Breithaupt, da BLM. "Infelizmente [um] traço foi repetidamente atropelado, pois marcas recentes de pneus indicam que esta área foi impactada pela retroescavadeira e outros veículos."

Todas as áreas onde ocorreram danos deveriam ter sido sinalizadas para evitar e as equipes de construção deveriam evitar dirigir veículos na área, segundo ele. O projeto de substituição do calçadão está agora suspenso até o verão, enquanto a agência avalia como evitar mais danos.

"Para garantir que isso não aconteça novamente, seguiremos as recomendações da avaliação, buscaremos a opinião pública e trabalharemos com a comunidade paleontológica à medida que avançamos coletivamente na construção de passarelas no local interpretativo", disse o departamento em comunicado.

Saiba mais
+ Carolina Dieckmann pede R$ 9 milhões por mansão no Rio
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

Bureau of Land Management