ESO mostra imagem incrível do encontro dos céus do norte e do sul

Foto que “casa” os céus dos dois hemisférios na mesma latitude tem como um de seus destaques a luz zodiacal, um fenômeno que só pode ser visto sem poluição luminosa

Os céus dos hemisférios norte e sul a 29 graus de latitude, vistos de observatórios astronômicos, são "casados' nesta incrível montagem. Crédito: P. Horálek e J. C. Casado/ESO

A foto acima pode fazer o observador se sentir confuso: ela captura os hemisférios norte e sul ao mesmo tempo – o céu noturno inteiro em uma imagem alucinante. Trata-se de algo que seria impossível de ver na vida real.

Para criar esta imagem, os fotógrafos Petr Horálek e Juan Carlos Casado tiraram duas fotos em observatórios localizados nas mesmas latitudes nos hemisférios norte e sul. A metade superior é uma foto tirada no Observatório Roque de los Muchachos, do Instituto de Astrofísica de Canárias em La Palma, nas Ilhas Canárias, 29 graus ao norte do equador. A metade inferior foi tirada no Observatório de La Silla, do Observatório Europeu do Sul (ESO), no deserto do Atacama, no Chile, 29 graus ao sul do equador. Quando costuradas digitalmente, elas criam uma visão contínua e abrangente do céu noturno.

Luz zodiacal

Uma das estruturas mais notáveis na imagem é o traço brilhante esbranquiçado que corre verticalmente a partir do centro, para cima e para baixo. Trata-se da luz zodiacal, um fenômeno causado pela poeira que permeia o Sistema Solar ao dispersar a luz solar. A luz zodiacal é visível apenas em regiões que apresentam céus extremamente escuros, livres de poluição luminosa. Podemos ver ainda o planeta Vênus brilhando intensamente no raio da luz zodiacal do hemisfério norte.

Na imagem inferior podemos ver vários telescópios de La Silla. O telescópio Schmidt de 1 metro do ESO é o que está em primeiro plano. O espelho refletor que aparece de cabeça para baixo na imagem superior faz parte do Cherenkov Telescope Array (CTA), um grupo de telescópios de raios gama que observam alguns dos fenômenos mais energéticos do universo. Será instalado um segundo grupo desses telescópios no hemisfério sul, próximo do Observatório do Paranal do ESO, no âmbito de um acordo entre o Observatório CTA e o ESO.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago