Estreia de documentários marca Dia Internacional Sem Sacos de Plástico

Programação especial da National Geographic busca conscientizar espectadores sobre o uso excessivo do plástico

Plástico: material revolucionário que se tornou um pesadelo. Crédito: NatGeo/Divulgação

Esta sexta-feira, 3 de julho, é o Dia Internacional Sem Sacos de Plástico. O canal por assinatura National Geographic aproveita a data para transmitir uma programação especial com a estreia de quatro documentários que convidam o espectador a refletir sobre o uso do plástico e suas consequências. A emissora busca, com esses programas, conscientizar as pessoas sobre esse material que revolucionou nossas vidas, mas que, com o uso maciço e a perda de controle global, tornou-se um pesadelo para a sociedade, meio ambiente, oceanos e os seres que o habitam.

O especial começa às 18h com a estreia de “Plástico: Trajetória e Poluição”, documentário que expôs a verdade por trás de carregamentos de plástico destinados a aterros.

Às 18h45 estreia “Maré de Plástico”, documentário que examina o crescente problema da poluição plástica nas águas do planeta. Começa em Mumbai (ex-Bombaim), na Índia, uma cidade litorânea na qual o povo costumava nadar e que agora está completamente coberta de lixo.

LEIA TAMBÉM: Descobertas enormes concentrações de microplásticos no fundo do mar

Em seguida, às 19h30, estreia “Baleia: Morta pelo Plástico”, documentário que revive as notícias que saíram ao redor do mundo quando uma baleia morta apareceu em uma pequena baía na Noruega com 30 sacolas plásticas no estômago.

Para finalizar, às 20h15, “Mergulho no Ártico” retrata a campanha de Lewis Pugh, embaixador da ONU para a proteção dos oceanos, que arrisca sua vida nadando nas águas geladas do norte do planeta para lutar pela proteção da natureza.

Veja também

+ Invasão de vespas assassinas aumenta tensão com 2020 nos EUA
+ Anticoagulante reduz em 70% infecção de células pelo coronavírus
+ Assintomáticos: 5 dúvidas sobre quem pega o vírus e não tem sintomas
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança