Estudante ganha prêmio do Google por criar método para retirar microplásticos do oceano

Jovem pesquisador estima que pelo menos 85% do microplástico poderia ser removido dos oceanos com essa tecnologia

Um estudante irlandês de 18 anos venceu o prêmio Google Science Fair por desenvolver uma tecnologia para retirar microplásticos do oceano.

O projeto de Fionn Ferreira foi o vencedor de uma lista de 100 ideias e rendeu um prêmio de US$ 5 mil para o estudante de Cork, na Irlanda.

A tecnologia do estudante usa um líquido magnético atóxico, chamado ferrofluido, formado por óleo e magnetita (óxido de ferro em pó). Na presença de água, o ferrofluido atrai os microplásticos (pedaços de menos de 5 mm), por causa das propriedades apolares de ambos.

Ferreira investigou esse método de extração em 10 tipos diferentes de microplásticos, que então são atraídos por imãs e retirados da água. A concentração de plásticos antes e depois do procedimento foi medida usando um espectrômetro caseiro e um microscópio.

Segundo Ferreira, pelo menos 85% do microplástico poderia ser removido dos oceanos com essa tecnologia.

Veja um vídeo sobre o projeto:

COMPARTILHAR
blog comments powered by Disqus